Deprecated: class-phpmailer.php está obsoleto desde a versão 5.5.0! Use wp-includes/PHPMailer/PHPMailer.php em seu lugar. The PHPMailer class has been moved to wp-includes/PHPMailer subdirectory and now uses the PHPMailer\PHPMailer namespace. in /home/wwwtubosoliveira/public_html/wp-includes/functions.php on line 4967

Deprecated: class-smtp.php está obsoleto desde a versão 5.5.0! Use wp-includes/PHPMailer/SMTP.php em seu lugar. The SMTP class has been moved to the wp-includes/PHPMailer subdirectory and now uses the PHPMailer\PHPMailer namespace. in /home/wwwtubosoliveira/public_html/wp-includes/functions.php on line 4967
Entidades da indústria avaliam como positivo o corte de juros

MATRIZ: Av. Amâncio Gaiolli, 1065 | Guarulhos/SP

|

FILIAL: Av. Marginal José Osvaldo Marques, 2032 Sertãozinho/SP

Entidades da indústria avaliam como positivo o corte de juros

Entidades da indústria avaliam como positivo o corte de juros

Copom anunciou hoje a redução da Selic para 3% ao ano

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir para 3% ao ano a taxa básica de juros, com o corte de 0,75 ponto percentual, é apoiada pelas entidades do setor industrial do país.

Em nota, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou como positiva a redução da taxa Selic. Para a entidade, novos cortes podem ser necessários por causa de incertezas que podem influenciar a decisão do Copom nas próximas reuniões. Os principais riscos na visão da CNI são a duração das medidas de isolamento social e os impactos negativos sobre a atividade econômica e o emprego.

“Quanto maior a queda na atividade, pior será a situação financeira de empresas e famílias com implicações sobre a maior necessidade de financiamento dos agentes econômicos. Assim, novas reduções da Selic podem ser necessárias na busca pela redução do custo do capital”, ressaltou em nota o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.
FIRJAN

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) avaliou que o corte da Selic foi acertado uma vez que as expectativas para a inflação seguem abaixo da meta e em trajetória de queda.

A entidade informou que ainda há uma elevada capacidade ociosa nos fatores de produção da economia brasileira, “que pode se intensificar caso não haja uma atuação rápida da política monetária. Além disso, a desaceleração do crescimento global está provocando queda nos preços das commodities e maior volatilidade nos ativos financeiros, o que torna oportuna a continuidade de flexibilização da política monetária”.

A Firjan destaca que “o governo deve continuar adotando medidas que estimulem a atividade econômica, destravando a oferta de crédito, promovendo a retomada do fôlego da indústria e contribuindo para a manutenção do emprego e da renda”.

Ícone do Whatsapp branco em fundo verde

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.
LIGAR CONTATO