MATRIZ: Av. Amâncio Gaiolli, 1065 | Guarulhos/SP

|

FILIAL: Av. Marginal José Osvaldo Marques, 2032 Sertãozinho/SP

Mercado vê menor tombo no PIB e projeta aumento da inflação

A mediana das projeções do mercado para o PIB subiu de -5,05% para -5,04%, assim como o ponto médio das estimativas para o IPCA, que aumentou de 1,99% para 2,05%. Saiba mais.

As projeções voltaram a aumentar

A mediana das projeções do mercado para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2020 subiu pela terceira semana consecutiva, de -5,05% para -5,04%, no Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada, vindo de um piso de -6,54% atingido no fim de junho.

Para 2021, o ponto-médio das expectativas manteve-se em 3,50% pela 18ª semana seguida, com algumas casas apostando na recuperação de parte das perdas deste ano no próximo.

Inflação

A mediana das projeções para a inflação oficial em 2020 entre os economistas que mais acertam as previsões, os chamados Top 5, de médio prazo, subiu de 2,05% para 2,12%. Em relação a 2021, o ponto-médio das expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) manteve-se em 3,20% entre os campeões de acertos.

Entre os economistas em geral, a mediana das estimativas para o IPCA no fim do ano também subiu, de 1,99% para 2,05%. Para o próximo, o ponto-médio de todas as projeções para a alta de preços permaneceu em 3,01%.

A meta de inflação a ser perseguida pelo BC é de 4,00% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% para 2022, sempre com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

SELIC

A mediana das estimativas para a taxa básica de juros no fim de 2020 manteve-se em 2,00% tanto na estimativa que inclui todo o mercado quanto entre os Top 5. Para 2021, a projeção para a Selic permaneceu em 2,50% entre os economistas em geral e 2,00% entre os campeões de acertos.

Dólar

A mediana das projeções para o dólar no fim de 2020 entre os economistas que mais acertam as previsões voltou a subir, de R$ 5,30 para R$ 5,40. Para 2021, o ponto-médio das projeções ficou estável em R$ 5,10 entre os campeões de acertos. Entre os economistas em geral, a expectativa permaneceu em R$ 5,25 para o fim de 2020 e R$ 5,00 no encerramento de 2021.

Tubos Oliveira: uma empresa parceira em todos os momentos

Com notícias como essa, indica que a indústria está voltando ao normal e a demanda por tubos de aço também. Você está em busca de tubos de aço de qualidade comprovada e que seguem rígidos padrões de qualidade? Entre em contato conosco.

Ícone do Whatsapp branco em fundo verde

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.
LIGAR CONTATO